(11) 3280-7792 | contato@agilems.com

Pix Cobrança: O que é e como funciona?

//Pix Cobrança: O que é e como funciona?

Por Fernando Okumura

15 de maio de 2021
4 min. de leitura

Quer saber o que é Pix Cobrança? Esse post explora de forma prática e rápida. Leia agora mesmo.

Quer saber o que é Pix Cobrança? Esse blog post resume de forma fácil e prática para você. Siga lendo.

O que é o Pix Cobrança?

É uma nova ferramenta de cobrança que tende a susbstituir o boleto bancário. De fato, a grande vantagem do pix cobrança sobre os boletos é que o pagamento cai instantaneamente na conta do recebedor. Portanto, você não precisa esperar aqueles 1 ou 2 dias entre o pagamento do boleto e o efetivo recebimento dos valores em conta.

Quando o Pix Cobrança estará disponível?

A partir de 14 de maio do 2021, bancos e outras instituições financeiras estarão oferecendaos seus clientes. A partir de 1 de julho, os pagamentos poderão ser agendados para data futura.

Qual é a diferença entre o Pix Cobrança e o boleto?

As principais diferenças são:

  • Com Pix, os dados para pagamento são acessados através de um QR Code. Com boletos, é um código de barras ou extenso código numérico
  • Com Pix, o dinheiro cai em conta instantaneamente. O boleto leva 1 ou mais dias úteis.
  • Com o Pix, ainda não é possível agendar pagamentos futuros (isso deve estar disponível a partir do dia 1 de julho de 2021. Com boletos, é possível.

É possível configurar juros, multas e descontos no Pix Cobrança?

Sim, todos esses parâmetros são configuráveis, da mesma forma que são em boletos.

Como funciona o Pix Cobrança?

Empresas emitem o Pix Cobrança da mesma forma que emitem boletos. Isto é, como fatura de contas ou para compras em lojas. Além do valor, o Pix Cobrança permite configurações de juros, multa por atraso e descontos para pagamento antecipado.

De fato, você pode pensar no Pix Cobrança como um boleto de compensação instantânea. Além disso ele permite fazer pagamentos em até 10 seguntos e 24 horas por dia em todos os dias do ano, inclusive fins de semana e feriados.

Ao invés de um código de barra, o pagador utilizará um QR code em posição horizontal ou vertical. Ao fazer uma compra na internet, por exemplo, o consumidor poderá escolher o Pix Cobrança como um meio de pagamento junto ao boleto e cartão de crédito.

Qual a vantagem do Pix Cobrança para empresas de SaaS B2B?

Por ter compensação praticamente instantânea, o status do Contas a Receber é atualizado imediatamente. Dessa forma, a baixa do Pix Cobrança é feita em tempo real sem que o seu financeiro precise ficar pedindo comprovantes de pagamento aos seus clientes.

As transações também serão mais seguras pois o Pix conta com recursos mais avançados de criptografia.

Qual é o valor da taxa do Pix Cobrança?

De acordo com o banco central o Pix deve ser gratuito para pessoas físicas e MEIs. Entretanto, pessoas jurídicas podem ser cobradas para utilizar o serviço. De fato, o valor das taxas vão depender única e exclusivamente de cada instituição financeira, podendo ser gratuito também (veja esse artigo no NuBank por exemplo).

A idéia, no entanto, é que o Pix Cobrança seja mais barato que o boleto e transferências tipo TED. Para se ter uma idéia o Banco Central cobra apenas R$0,01 das instituições para cada 10 transações Pix. A TED, por outro lado, custa R$0,07 cada.

Por outro lado, algumas instituições financeiras pretendem cobrar um percentual do valor do pagamento, como fazem as adquirentes de cartão. Já vimos preços entre 0,99% e 1,89%. Para empresas B2B, cujas cobranças tendem a ser de valor maior, isso provavelmente invabilizaria o Pix pois boletos tem custo fixo por pagamento executado. Se a taxa do Pix for 1% do valor do pagamento e do boleto R$1,90/pagamento liquidado, por exemplo, o boleto fica mais barato para qualquer pagamento superior a R$190.

Leia também:

Gostou do conteúdo?

Assine a Newsletter e receba mais dicas de como otimizar seu SaaS!

Por | 2021-05-15T01:18:55-03:00 15 de maio de 2021|

Deixar um Comentário